facebook twitter google plus linkedin
Home / Carreiras / Como pedir um aumento de salário

Como pedir um aumento de salário

aumento de salário

Pedir um aumento pode parecer uma tarefa extremamente complicada. No entanto, é mais vantajoso para o empregador subir o salário de um trabalhador do que contratar e dar formação a um novo. Ao receber um aumento, o funcionário sente-se mais motivado, torna-se mais produtivo, o que beneficia a empresa.

Então quais são os passos para pedir um aumento?

Prepare o pedido de aumento de salário

  1.  Conheça o seu valor – Antes de pedir um aumento no ordenado, deve avaliar o valor do seu trabalho. Certifique-se de que merece mais do que está recebendo neste momento. Os fatores que pesam mais nesta decisão são: valor recebido pelos outros profissionais da sua área de trabalho, experiência no papel desempenhado, competências específicas e resultados obtidos.
  2.  Conheça a política empresarial – Informe-se sobre a política de aumentos da sua empresa. Algumas empresas têm datas específicas para considerar aumentar os salários (por exemplo depois da avaliação de performance anual), outras costumam dar aumentos de X em X anos, etc. Informe-se junto aos recursos humanos e através dos seus colegas para saber quando deve pedir um aumento.
  3.  Construa um argumento persuasivo – Esta é a hora de deixar a modéstia à parte. Reveja todos os argumentos que o ajudarão a conseguir um aumento. Junte à lista o bom resultado na performance anual, a formação que fez durante o último ano, objetivos que ultrapassou e responsabilidades extras que lhe tenham sido delegadas. Utilize “números” para demonstrar que é um funcionário valioso: quando falar de aumento de vendas ou satisfação dos clientes indique a porcentagem; refira quanto em Reais a empresa poupou com a metodologia de trabalho que implementou, etc. Não se esqueça de falar das características imensuráveis, mas importantes: espírito de iniciativa, atitude positiva, bom relacionamento interpessoal com os colegas, etc.
  4.  Pratique a negociação – Mesmo que o empregador esteja disposto a lhe dar o aumento, é provável que tente negociar o valor do mesmo. Pesquise sobre técnicas de negociação como utilizar o silêncio como vantagem e pedir um valor superior àquele que espera vir a receber.
  5.  Esteja confiante – Pratique junto da sua família e amigos a forma como irá pedir o aumento. Peça-lhes feedback sobre os argumentos que são mais fortes e mais fracos. A prática faz a perfeição, e numa situação de elevado nervosismo, é importante que conheça plenamente os fatos que irão convencer o empregador. Quanto melhor preparado estiver, mais confiante estará quando pedir o aumento de salário.
  6.  Seja flexível – Prepare-se mentalmente para todos os cenários: o empregador poderá aceitar a sua proposta, negá-la por completo, pedir tempo para pensar ou aceitar dar-lhe um aumento, porém, menor do que o esperado. É importante ser realista: existe uma grande probabilidade de a reunião não ter o efeito desejado. Mas se não tentar, nunca saberá…
  7.  Saiba quando pedir o aumento – Se a sua empresa está despedindo funcionários por falta de verbas, não é a melhor altura para o fazer. Por outro lado, se a empresa fechou um grande projeto, aproveite os bons resultados e agende uma reunião com o seu coordenador.

 

Peça o aumento do salário

  1.  Marque uma reunião – Não surpreenda o seu interlocutor ao pedir um aumento no corredor ou entre reuniões. Agende uma reunião onde ambos estarão focados somente no assunto em questão e ninguém será apanhado desprevenido.
  2.  Seja direto – Vá direto ao assunto e diga que gostaria de ter um aumento de salário, explicando porque o merece. Depois, sugira o valor que considera justo receber e aguarde a resposta por parte do empregador.
  3.  Considere outras opções – Se a resposta for negativa, pode tentar obter outro tipo de benefícios que sejam mais fáceis de aceitar: dias de férias extra, um bônus por bons resultados, etc. Questione quando será uma boa hora para voltar a falar sobre o aumento.
  4.  Não “ameace” com uma oferta de outro empregador – Mencionar que outro empregador está disposto a pagar-lhe X pode ter o efeito contrário ao esperado. É possível que o atual empregador se sinta ameaçado, podendo o mesmo dizer-lhe que deve aceitar a proposta da outra empresa. Os seus argumentos não devem ser “Os outros querem dar” mas sim “Eu mereço por que…”. Lembre-se que não deve deixar má impressão junto de chefias e colegas. Os mesmos serão membros preciosos da sua rede de networking.
  5.  Não “ameace” se despedir – Esta tática, fruto do desespero, revela falta de profissionalismo e pode tornar-se ofensiva para a empresa onde trabalha.

 

Depois da reunião

Se o pedido de aumento de salário não for aceito, não desanime. É provável que a empresa não tenha possibilidade de melhorar o contra-cheque neste momento. Agradeça o tempo disponibilizado e esforce-se em manter o nível de serviço para garantir que, mais tarde, lhe é concedido o aumento do salário.

Se for bem sucedido na reunião, peça mais detalhes. É importante delinear a partir de quando ficará efetivo o aumento, qual o valor do mesmo e de que forma será formalizado (um novo contrato, por exemplo). É importante que agradeça ao empregador pelo tempo dispensado e continue o bom trabalho para lhe mostrar que tomou a decisão correta.

 

 

Fonte: Money Crashers

About Alerta Emprego

O Alerta Emprego é um portal de emprego que ajuda empresas e recrutadores a encontrar os melhores candidatos e a gerir processos de recrutamento. Além de promover anúncios de emprego, o Alerta Emprego funciona como uma base de dados de CVs pesquisável, tornando mais fácil a procura de candidatos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*