facebook twitter google plus linkedin
Home / Leis Trabalhistas / Jornada flexível de trabalho está em pauta no Senado

Jornada flexível de trabalho está em pauta no Senado

Jornada flexível de trabalho está em pauta no Senado

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) analisou na última semana uma pauta constando seis projetos que propõe mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), entre eles projeto que institui a jornada flexível de trabalho.

Conheça os projetos apresentados na matéria feita pela Redação da Agência Senado (clicando no link do projeto poderá obter mais detalhes e ver a situação atual):

PLS 218/2016, do senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), institui a jornada flexível do trabalho. A proposta, modificada por substitutivo do relator, senador Armando Monteiro (PTB-PE), insere na CLT um novo tipo de relação trabalhista, formalizada pelo “contrato de trabalho intermitente”. Nessa modalidade, a contratação de emprego será por hora trabalhada, com jornada móvel.

O PLS 385/2016, do senador Sérgio Petecão (PSD-AC), restringe a cobrança da contribuição sindical aos trabalhadores filiados a sindicato. A proposta recebeu voto favorável do relator, senador Wilder Morais (PP-GO).

Outra modificação na CLT é proposta pelo PLS 88/2013, que estabelece um novo regime de trabalho, a jornada facultativa, para os trabalhadores que cumprem jornada inferior a oito horas diárias. O projeto recebeu substitutivo do senador Otto Alencar (PSD-BA), que permite a ampliação das horas semanais trabalhadas por categorias com jornadas de cinco, seis e sete horas diárias, desde que respeitado o limite constitucional de 44 horas semanais de trabalho. Quem aderir contará com incorporação proporcional de salário, correspondente ao aumento da duração da jornada, além de um adicional de 20% sobre o valor das horas acrescidas.

Nas áreas de saúde e previdência, há dois projetos em pauta: o PLS 255/2016, do senador Eduardo Amorim (PSC-SE), que concede pensão especial e vitalícia a pessoas diagnosticadas com microcefalia causada pelo vírus da zica, e o PLS 171/2016, do senador Dário Berger (PMDB-SC), que altera o Estatuto da Criança e do Adolescente para obrigar maternidades de referência a instalarem banco de leite humano. As propostas receberam votos favoráveis dos relatores, senadores Ronaldo Caiado (DEM-GO) e Lúcia Vânia (PSB-GO), respectivamente.

 

 

About Alerta Emprego BR

O Alerta Emprego chega ao Brasil com a proposta de ser uma ferramenta para profissionais que buscam uma colocação no mercado de trabalho. Não só divulgamos as melhores ofertas do mercado, como conteúdos diferenciados, úteis e interessantes sobre procura de emprego.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*