facebook twitter google plus linkedin
Home / Candidaturas / Por que não gosta de escrever cartas de apresentação?

Por que não gosta de escrever cartas de apresentação?

Por que não gosta de escrever cartas de apresentação?

Se há uma coisa durante a procura de emprego que aborrece mais os candidatos, provavelmente será escrever a carta de apresentação para acompanhar o currículo. É suposto que seja curta e cativante e ao mesmo tempo deve incluir todos os elementos necessários para que consiga o emprego.

Não é fácil escrever uma carta sem falhar e que demonstre paixão ao mesmo tempo… mas precisa ser feito. Conheça a seguir algumas razões para não gostarmos de escrever cartas de apresentação, sugeridas pelo Work it Daily:

Gosta de acreditar que é uma tarefa entediante

A pior parte de escrever as cartas de apresentação é que pode sentir que é muito repetitivo. A tendência é que se sinta entediado ao escrever as mesma coisas mais de uma vez.

Solução: a chave é que se torne mais criativo. Lembre-se, esta é a sua única chance de se destacar dos demais candidatos e levar a sua candidatura a outra fase. Portanto, encare como um desafio, coloque mais energia e escreva cartas cada vez mais personalizadas. Leve em conta também que, se sentir entediado enquanto escreve, isso vai transparecer na sua linguagem e irá entediar o recrutador também.

O nervosismo toma conta de você

Os nervos levam a melhor quando se senta para escrever a cartão de apresentação? “E se me enganar e escrever algo errado?”, “E se cometer um erro ortográfico?”, “E se eu soar muito desesperado?”… Com tanto stress é normal que se sinta desmotivado.

Solução: não encare este momento como sendo algo do qual sua vida depende disso. Encare como se estivesse escrevendo um e-mail, por exemplo. Assim estará mais calmo e relaxado e compreenderá mais facilmente que não existe nenhuma grande ciência para escrever uma carta de apresentação.

Não gosta de escrever sobre você

Para muitos candidatos, a pior parte de escrever cartas de apresentação é que tem que se gabar e falar sobre si durante todo o tempo. Até pode não ser uma pessoa que o faça regularmente, mas quando está a procura de emprego tem que conseguir enumerar todas as suas competências e realizações de forma cativante.

Solução: Comece por escrever numa folha aquilo que já alcançou e que competências o ajudaram a atingir os seus objetivos. Depois, imagine que é outra pessoa escrevendo a carta de apresentação: como se fosse seu mentor, ou um antigo empregador.

 

About Alerta Emprego BR

O Alerta Emprego chega ao Brasil com a proposta de ser uma ferramenta para profissionais que buscam uma colocação no mercado de trabalho. Não só divulgamos as melhores ofertas do mercado, como conteúdos diferenciados, úteis e interessantes sobre procura de emprego.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*